História

O nome de Palmeirante foi durante muito tempo conhecido como "Olho Grande" de acordo com uma das versões dadas pelos mais velhos, o lugar teria recebido este nome porque certo dia, ao cair a noite , alguns pescadores estavam no barranco do rio , na altura de um grande remanso e ao olharem para água viram uma grande cabeça de um bicho desconhecido, que possuía apenas um olho enorme no meio da testa. Mas entre os mais jovens, corre a noticia que o lugar teria recebido o nome de olho grande por que ali viviam pessoas muito invejosas, e assim o nome ganhou adeptos.
Com a chegada do progresso através da rodovia BR-153, o rio não é mais o principal meio de acesso a região, conseqüentemente muitas cidades e povoados ribeirinhos viriam a sofrer uma decadência econômica. E o distrito de Palmeirante não fugiu a regra, alem de estar localizado no município de Filadélfia e distante da sede Municipal, permaneceu isolada por muito tempo, a maioria da população resiste no lugar, vivendo basicamente agricultura de subsistência e da pesca abundante na região.


Com a criação do Estado do Tocantins em 05 /10/1989, a população passa sonhar com a emancipação do distrito. A fundação data em 05 de outubro de 1989 , mas sua criação oficial se deu através da lei nº498 de 21 de dezembro 1992 que estabelece os respectivos limites e confrontações do município. Sua instalação se deu a partir de 01 de Janeiro de 1993.

O município tem como tradição a festa de São Jose que ocorre de 10 a 19 de março, mas também comemora o festejo de Nossa Senhora de Nazaré na 2º quinzena de setembro. A praia das Palmeiras é uma das atrações turísticas no mês de julho na região.

Fonte: Prefeitura Municipal

Autor do Histórico: ERILDO VICENTE DE OLIVEIRA